O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Devoluções à Natureza de dia 3 de Junho de 2017

Devolução à Natureza de uma andorinha-dos-beirais (Delichon urbicum) e um melro-preto (Turdus merula)
Quinta de Marim - Olhão
3 de Junho de 2017


Uma andorinha-dos-beirais e melro-preto ingressaram no RIAS quando eram ainda pequena crias. Não tinham lesões, mas eram ainda muito pequenos para sobreviver sozinhos. Foi necessário alimentá-los até que crescessem todas as penas necessárias ao voo.


Foram devolvidos à natureza por quem encontrou a andorinha que foi baptizada de "Freedom".




Devolução à Natureza de uma cegonha-branca (Ciconia ciconia
Quinta de Marim - Olhão
3 de Junho de 2017

 
Esta cegonha-branca foi encontrada numa escola em Olhão. Provavelmente terá colidido contra um edifício, pois estava desorientada e com sangue no bico. No entanto, não tinha mais lesões e a sua recuperação foi bastante rápida, cerca de uma semana.
Antes de ser libertada foi ainda submetida a treinos de voo.


Foi devolvida à natureza pelos seus padrinhos que a a baptizaram de "Tobias".





Sem comentários: