O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Devoluções à Natureza de dia 2 Agosto de 2017

Devolução à Natureza de dois andorinhão-preto (Apus apus) e um andorinhão-pálido (Apus pallidus)
Quinta de Marim - Olhão
2 de Agosto de 2017



No passado mês de Julho ingressaram no RIAS dois adorinhões-pretos e um andorinhão-pálido. Estes animais foram encontrados pouco após terem caído dos seus ninhos ficando desta forma bastante vulneráveis a diversas ameaças, tais como a predação por animais domésticos. Após um período de alimentação regular e de testes de voo, as aves foram finalmente devolvidas à Natureza.


 Um dos andorinhões-pretos foi libertado pela pessoa que o encontrou.



Devolução à Natureza de um mocho-galego (Athene noctua)
Quinta de Marim - Olhão
2 de Agosto de 2017




Foi devolvido à Natureza um Mocho-galego que tinha ingressado no RIAS devido a ter caído do ninho. A cria foi mantida juntamente com outros indivíduos da mesma espécie que se encontravam em recuperação que, desta forma, ajudaram no seu desenvolvimento e aprendizagem de caça e voo.


A ave foi libertada pelo padrinhos, representantes do Grupo dos Hotéis Real, que, pelo terceiro ano consecutivo, apadrinharam um animal em recuperação. 






Apoio:





Sem comentários: