O RIAS é o Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa e está localizado em Olhão. Desde meados de 2009 a sua gestão está a cargo da Associação ALDEIA, em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e a ANA-Aeroportos de Portugal, através do Aeroporto de Faro.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Devolução à Natureza de dia 28 de Julho de 2017

Devolução à Natureza de 3 andorinhões-pretos (Apus apus) e um andorinhão-pálido (Apus pallidus)
Quinta de Marim - Olhão
28 de Julho de 2017




No final do mês de Julho ingressaram no RIAS 3 crias de andorinhão-preto e outra de andorinhão-pálido. Por terem caído do ninho em que se encontravam, ainda não possuíam capacidade para voar, pelo que foi necessário alimentá-los até que crescessem as penas de voo. 

Um dos andorinhões-pretos foi libertado pela pessoa que o encontrou. 





Devolução à Natureza de uma gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis)
Quinta de Marim - Olhão
28 de Julho de 2017



Foi devolvida à Natureza uma gaivota-de-patas-amarelas juvenil que ingressou no RIAS com sintomas de doença. A ave, juvenil, encontrava-se bastante debilitada e foi necessária a administração de fluídos para a sua recuperação. 
A gaivota foi libertada pela pessoa que a encontrou.





Sem comentários: